Divulgação

Anúncios

Feira de Artesanato de Esposende destaca trabalhos da artesã Aida Oliveira

Feira de Artesanato de Esposende
destaca trabalhos da artesã Aida Oliveira
Aida Oliveira é a artesã que vai estar em destaque na Feira de Artesanato deste mês, que se realizará no próximo domingo, dia 24, no Largo Rodrigues Sampaio, em Esposende, entre as 10h00 e as 19h00.

Natural de Braga, Aida Oliveira dedica–se à confecção de trabalhos variados em couro, desde pulseiras, bolsas, carteiras, porta–moedas, entre outros. 

Iniciou a sua actividade de artesã como aprendiz, no ano 2000, e, desde então, tem vindo a participar em feiras, certames e recreações históricas um pouco por todo o país, sendo presença assídua na Feira de Artesanato de Esposende. É sócia–fundadora da Associação Mercadinho Criativo de Braga e sócia da Associação de Artes, Ofícios e Recreações Históricas Velha Lamparina. 
A Feira de Artesanato de Esposende tem como objectivos valorizar o artesanato e promover os valores patrimoniais culturais e turísticos do concelho e das regiões do país em geral, conferindo maior dinâmica e animação à cidade.
Notícia do Serviço de Comunicação e Imagem da CME

CAMPANHA TAMPINHAS “Um Gesto Solidário”



CAMPANHA TAMPINHAS 

“Um Gesto Solidário”
No passado dia 15 de Junho, pelas 15h00, na sede da Junta de Freguesia, o Presidente da Delegação de Esposende – Dr. António Martins de Oliveira e o representante da Empresa Resulima Dr. Cardona entregaram à Diana Miquelino o andarilho angariado no âmbito da Campanha Tampinhas.

Esta entrega contou também com a presença da Vereadora da Educação da Câmara Municipal de Esposende, Presidente da Junta de Freguesia de Esposende, alguns membros dos Escuteiros do Agrupamento 301 e outros convidados.

Para esta Campanha foram angariadas 9 toneladas de tampinhas.
A Delegação de Esposende agradece o apoio e colaboração recebidos de todas as Entidades/Instituições e da População do Concelho de Esposende, e não só, as quais ajudaram a ser-mos, ainda  mais, úteis às populações.
“ Trabalhamos, HOJE para ajudar mais AMANHÃ ”

Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Esposende

GCDR Gemeses vence segunda prova Nacional de Esperanças

GCDR Gemeses vence segunda prova Nacional de Esperanças
A Federação Portuguesa de Canoagem em parceria com o GCRDGemeses promoveu ontem, 17 de Junho a segunda prova do Nacional de Esperanças, realizada no Rio Cávado em Esposende.
Esta competição que contou com um número recorde de participações, mais de 530 atletas, realizou-se esta manhã onde estiveram presentes perto de 40 clubes.

O destaque desta prova vai para o escalão Cadete, com Nazar Lavryk da AN Torreira a vencer no K1 com o tempo de 25:38.18, seguido de Hugo Figueiras do CN Ponte de Lima e  Daniel Brito do CN Fão.
No K2 Angelo Luz  e Pedro Lampreia Rodrigues do KCCArade foram os grandes vencedores com o tempo de 25:20.57, seguidos das embarcações do Gemeses e do CN Ponte de Lima. No setor Feminino, Ana Fradique do Gemeses voltou a vencer toda a oposição, terminando a prova com o tempo de 29:37.67. Ana Nogueira do CN Prado ficou a mais de 15 segundos, na segunda posição.Cindy Rigor do Rio Neiva foi terceira.

No K2 feminino, Márcia Aldeias e Ana Castro do CN Marecos foram as vecedoras da prova com o tempo de 27:31.07, seguidas das embarcações de Gemeses e Ponte de Lima.


Nas canoas, José Rocha Machado do Ligadura foi o vencedor com o tempo de 33:38.65. Na C2 João Gonçalves e Bruno Barros Carvalho foram os vencedores, seguidos da embarcação do SaavedraGuedes e do CN Ponte de Lima.

No final das 20 regatas, o GCDR Gemeses foi o vencedor da prova somando um total de 342 pontos, mais 46 que o segundo classificado o Clube Náutico de Ponte de Lima, que tinah vencido a primeira etapa na Mexilhoeira da Carregação pela margem minima. Na terceira posição, com 280 pontos ficou o Clube Náutico de Prado.
Todos os resultados individuais e coletivos desta competição podem ser consultados na área competições|Resultados em http://www.fpcanoagem.pt
O Campeonato Nacional de esperanças regressa no mês de Agosto, dia 5, na Pateira de Fermentelos.

Santos Populares dão o mote ao próximo “Fim-de-semana em Esposende”

Santos Populares dão o mote ao próximo “Fim-de-semana em Esposende”
Os Santos Populares dão o mote ao “Fim de semana em Esposende” do mês de Junho. Assim, no próximo sábado, dia 24, propõe-se a visita pedonal “Roteiro São Joanino”, que percorrerá alguns elementos patrimoniais da cidade de Esposende e Marinhas, ligados à simbologia do São João. Com partida às 14h30 das Piscinas Foz do Cávado, o roteiro terá passagem pela Capela e Cruzeiro de São João, finalizando depois no Forte de São João Baptista, junto à Foz do Cávado. A participação é gratuita, mas carece de inscrição prévia, podendo ser efectuada até às 14h00 do dia 22 de Junho, através do e-mail turismo@cm-esposende.pt.

O segundo dia deste “Fim-de-semana em Esposende” sugere uma visita à Feira de Artesanato, que decorrerá no Largo Rodrigues Sampaio, no centro da cidade, entre as 10h00 e as 19h00, tendo em destaque a artesã de bijuteria Aida Oliveira.

O programa de domingo fica completo com a Caminhada “Pelas Margens do Cavado: da Barca do Lago a Barcelos”, com saída às 8h30, da Barca do Lago, em Gemeses. As inscrições podem ser efectuadas até ao dia 21 de Junho, através do site http://www.esposende2000.pt. O custo é de 2 euros e garante o guia do percurso, transporte de regresso, seguro, duche e abastecimento.
Refira-se que, entre os dias 21 e 24 de Junho, no Mercado Municipal de Esposende, decorre a Festa da Sardinha, organizada pela Associação Desportiva de Esposende.
O programa “Fim-de-semana em Esposende” é promovido pela Câmara Municipal de Esposende e decorre no último fim-de-semana de cada mês, com o objectivo de atrair visitantes ao concelho.
Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Biblioteca Municipal de Esposende recebe Manuel António Pina na comemoração dos 20 anos

Biblioteca Municipal de Esposende recebe Manuel António Pina na comemoração dos 20 anos
Na abertura do programa comemorativo do 20.º aniversário, a Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, de Esposende, vai promover um encontro com o poeta, autor de livros infantis e tradutor Manuel António Pina. A iniciativa decorrerá na próxima sexta-feira, dia 22 de Junho, pelas 21h00, na Biblioteca Municipal, e tem entrada livre.
Nesta sessão será exibido parte do documentário “Um Sítio Onde Pousar a Cabeça”, da autoria do jornalista Alberto Serra, com realização de Ricardo Espírito Santo, que revela Manuel António Pina na primeira pessoa, com testemunhos de amigos, familiares e especialistas da sua obra, através de uma narrativa audiovisual que abarca a poesia, crónica, a literatura para crianças e o teatro.
Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, Manuel António Pina foi jornalista, editor e chefe de redacção do Jornal de Notícias. É actualmente colunista da revista Visão e tem colaboração dispersa por outros órgãos de comunicação social, entre imprensa, rádio e televisão. Foi professor da Escola Superior de Jornalismo do Porto e membro do Conselho de Imprensa.
A sua obra foi já homenageada com diversos prémios, como, por exemplo, o Prémio Literário da Casa da Imprensa, em 1978, por “Aquele Que Quer Morrer”; o Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens e a Menção do Júri do Prémio Europeu Pier Paolo Vergerio da Universidade de Pádua, em 1988, por “O Inventão”; o Prémio do Centro Português de Teatro para a Infância e Juventude, em 1988, pelo conjunto da obra; o Prémio Nacional de Crónica Press Clube/Clube de Jornalistas, em 1993, pelas suas crónicas; o Prémio da Crítica da Associação Portuguesa de Críticos Literários, em 2001, por “Atropelamento e Fuga”; e ainda o Prémio de Poesia Luís Miguel Nava e o Grande Prémio de Poesia da APE/CTT, ambos pela obra “Os Livros”, recebidos em 2005. Em 2011, foi-lhe atribuído o Prémio Camões.
O programa comemorativo prossegue no sábado, dia 23, com a realização da tertúlia “Biblioteca, 20 anos de histórias e de afectos: a voz dos leitores e dos protagonistas”. A partir das 17h15, estarão à mesma mesa os protagonistas de então, Alberto Queiroga Figueiredo (Presidente da Câmara Municipal), Penteado Neiva (Vereador da Cultura) e António Maranhão Peixoto (Bibliotecário) e os de hoje, Benjamim Pereira (Vice-Presidente da Câmara Municipal), Jaqueline Areias (Vereadora da Cultura) e Maria Luísa Leite (Bibliotecária), num diálogo com os leitores e público sobre a importância da Biblioteca na vida da comunidade.
Entre a inauguração da actual biblioteca, ocorrida a 25 de Junho de 1992, e o presente houve grandes transformações na vida cultural, social e económica do concelho e do país. Assim, nesta conversa serão abordadas as expectativas de então, revelados os sonhos que estiveram na génese da criação da biblioteca, uma das primeiras da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, assim como os desafios actuais e haverá oportunidade também para perceber o que os leitores sentem da sua biblioteca. São histórias, memórias e afectos numa tertúlia informal e intimista.
Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Reforma Administrativa Local, no Concelho de Esposende



Comunicado



Assunto: Reforma Administrativa Local, no Concelho de Esposende


Data: 19 de Junho de 2012

Portugal comprometeu-se a reduzir significativamente o número de freguesias através da assinatura do Memorando de Entendimento rubricado pelo anterior Governo com a União Europeia, no âmbito do Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF). Neste pressuposto foi anunciado um novo paradigma de gestão pública local, que pretende dar resposta à actual conjuntura económica e financeira do País.

A Juventude Popular de Esposende concorda com a Reforma Administrativa. No entanto, mostra-se contra o critério de agregação dos centros urbanos contíguos numa só freguesia. Uma vez que esta tem que ser feita, a Juventude Popular é da opinião que é preferível sermos nós, Esposendenses, a decidir e até negociar com a Administração Central, qual a melhor maneira de levar a cabo esta agregação de modo a que o povo esposendense não saia prejudicado. Atendendo aos factos, a opinião da Juventude Popular de Esposende, vai ao encontro deste sistema, uma vez que devido à situação financeira do País, fruto de sucessivos (des)governos, torna-se obrigatório minimizar as despesas públicas desnecessárias e ao mesmo tempo reforçar as competências das freguesias, de modo a prestarem maior e melhor serviço aos seus habitantes, mas sem nunca esquecer a equidade e a justiça na aplicação destas medidas.
O Concelho de Esposende é um Município de nível 2, uma vez que, a população total é de cerca de 34 000 habitantes e irá sofrer por isso, uma redução de 50% no total do número de Freguesias, o que significa que de 15 passará a 7 Freguesias.
No parecer da JP de Esposende, a reorganização do território terá que ser bem avaliada e adequada às realidades locais. Neste sentido, a nossa proposta teve em conta as barreiras geográficas (rio e monte) que marcam o nosso concelho, bem como as características
socioeconómicas das freguesias agregadas.

Assim, a Juventude Popular de Esposende, observadora e conhecedora da realidade local, considera ser esta fusão a mais viável para o nosso Concelho:

1-S. Paio de Antas e Forjães;
2-Belinho e S. Bartolomeu do Mar;
3-Vila Chã, Curvos e Palmeira de Faro;
4-Marinhas e Esposende;
5-Gandra e Gemeses;
6-Fão, Fonte Boa e Rio Tinto;
7-Apúlia;
A JP considera que todos os partidos políticos concelhios, deverão assumir as suas responsabilidades e apresentar propostas sobre esta temática, uma vez que este assunto terá um impacto significativo na organização administrativa do nosso concelho, não deixando assim, que esta decisão fique a cargo da comissão técnica de administração, desconhecedora da realidade concelhia.
Acreditámos que o Concelho de Esposende beneficiará com esta estratégia, e esperámos que propicie uma favorável gestão equilibrada dos recursos, aumentando assim a capacidade interventiva das juntas de freguesia, bem como o dinamismo e desenvolvimento
local.

Em anexo: mapa com a proposta de agregação das freguesias.
A Juventude Popular de Esposende,
Marcelo Silva
(Secretário Geral)

Futebol Clube Marinhas venceu 3.º Torneio de Veteranos Município de Esposende

Futebol Clube Marinhas venceu 3.º Torneio de Veteranos Município de Esposende
A equipa do Futebol Clube Marinhas venceu o Torneio de Veteranos Município de Esposende, organizado pela Autarquia e empresa municipal Esposende 2000.
A competição decorreu ao longo de quatro jornadas, nos dias 20 de Maio, 3, 10 e 17 de Junho, nos recintos desportivos da União Desportiva de Vila Chã, Clube Futebol de Fão e no Estádio Municipal Padre Sá Pereira, em Esposende.
Este torneio contou com a participação de oito equipas do concelho, num total de mais de 130 jogadores, com idades superiores a 30 anos.
No 2.º lugar classificou-se o Desportivo Recreativo Estrelas de Faro e no 3.º lugar ficou a equipa do Clube de Futebol de Fão. Participaram ainda as equipas da Associação Desportiva de Esposende, Forjães Sport Clube, ADRC Fonte Boa, Centro Social da Juventude de Mar e o Centro de Intervenção Cultural e Social de Palmeira de Faro.
Integrado no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende, o Torneio de Veteranos visa alargar a promoção da prática desportiva regular a vários grupos etários, incentivando as associações desportivas do concelho a alargarem a oferta desportiva, não apenas direccionada para as crianças e jovens, mas também para os pais.
Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Idosos do concelho de Esposende festejaram santos populares

Idosos do concelho de Esposende festejaram santos populares
Integrado nas comemorações do Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações, realizou-se, no passado dia 13 de Junho, no Largo de S. Roque, em Forjães, a Festa dos Santos Populares.
A iniciativa contou com a participação de aproximadamente três centenas de idosos de onze instituições de solidariedade social do concelho com valência para a terceira idade.

Os santos populares serviram de mote à festa, onde os idosos, vestidos a preceito e embandeirando os arcos que eles próprios construíram, marcharam ao som da música popular. Não faltaram as sardinhas assadas, a broa e o caldo verde e as decorações alusivas aos Santos Populares, também produzidas pelos idosos.
Foi um dia marcado pela alegria e animação, bastante apreciado pelos participantes que, deste modo, tiveram oportunidade de sair das suas rotinas e festejar os santos populares.
Recorde-se que as comemorações do “Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações” estão a ser desenvolvidas no âmbito da Rede Social, com o intuito de promover uma cultura de envelhecimento activo baseada numa sociedade para todas as idades.
Serviço de Comunicação e Imagem da CME


A Floresta à Noite

A Floresta à Noite

No próximo dia 30, pelas 21horas, no Centro Escolar de Fão se efectuará uma visita, cujo tema é ” Floresta à Noite”
A mata de folhosas e pinheiro que se localiza entre Fão e Apúlia “esconde” segredos que só numa visita noturna se podem desvendar…
Esta visita propõe uma aventura na floresta permitindo que os nossos sentidos percecionem os mistérios da vida noturna de uma floresta.
Para mais informações sobre a atividade contacte através do email: carlospalmario@netcabo.pt  http://litoralnortebirds.webnode.com.pt/workshop/.
Posto de Turismo de Esposende/Miguel Gomes/Aurora Lima

S. João em Apúlia – Esposende


S. João em Apúlia – Esposende
No próximo dia 23 irá ter lugar a Festa de S. João em Apúlia, Esposende, junto aos restaurantes na Marginal de Cedovém.
Este evento terá música ao vivo, coma actuação  do Grupo dos Sargaceiros da Casa do Povo de Apúlia e de Nuno Casais.
Posto de Turismo de Esposende/Miguel Gomes/Aurora Lima

NA MINHA TERRA CABE O MUNDO TODO



NA MINHA TERRA CABE O MUNDO TODO

3ª edição
Com Manuel Alegre
– Centro Cultural de Forjães – Esposende
16 e 17 de Junho 2012 –

O poeta MANUEL ALEGRE é o convidado da 3.ª edição do evento “Na minha terra cabe o mundo todo”, que a Junta de Freguesia de Forjães, a ACARF-Associação Social, Cultural, Artística e Recreativa de Forjães – Clube Unesco e MAR UNO–Associação Social de Cooperação, Educação e Desenvolvimento – Clube Unesco, promovem no Centro Cultural de Forjães no fim de semana de 16 e 17 de junho.

Do candidato à Presidência da República, do cidadão que não recusa ser voz ativa e desassombrada, importa particularmente neste evento distinguir o poeta, o cultor da língua, o tecelão de alguns dos mais belos poemas da língua portuguesa.

“Na minha Terra Cabe o Mundo Todo” – um evento cultural em que são convidados autores consagrados, com o intuito de proporcionar à população local o acesso a novas oportunidades culturais que, normalmente, estão reservados aos grandes centros urbanos

Em anteriores edições, Pepetela (2010) e Inês Pedrosa (2011) foram distinguidos publicamente e imprimiram as suas mãos na PAREDE DA FAMA, que ficarão, a partir de 16 de junho, acompanhadas pelas de Manuel Alegre.

Freguesia de Forjães