Uma Páscoa tristonha:

Faleceu a Tininha, figura típica de Esposende.
Quando estava engraxar os sapatos, no Manel Monção, caiu a notícia em “cima mim”: A Tininha morreu!
Paz à sua Alma.
CMLB

A saudosa Tininha:
Esta Fotografia foi tirada à tardinha, depois de um Norte-Sul, das velhas guardas, jogo realizado no estádio Padre Sá Pereira.
No final fomos conviver e comer/beber no restaurante SALOIO perto da casa da Tininha.
Perto da montra descansa a travessa e uma garrafa, miraculosamente, com vinho.
Convidei a Tininha entrar mas ela não aceitou o convite e ficou a contemplar-nos na montra, presenciando a euforia e o entusiasmo dos atletas. O vinho falava mais que a comida…
Fica esta imagem de saudade.
Paz à sua alma.
Tininha, amanhã estarei junto de ti, no último adeus.
Muitos esposendenses estarão lá, no funeral, numa eterna amizade e no último adeus.
Carlos Barros
Anúncios