O Presidente da Câmara Municipal de Esposende comprometeu-se hoje a aumentar o número de Bibliotecas Escolares no concelho, à razão de uma por ano, até ao final do presente mandato autárquico. João Cepa falava na inauguração da Biblioteca Escolar da EB1/Jardim de Infância de Fonte Boa, que ocorreu no âmbito da Semana Cultural daquela freguesia, sendo esta a sexta Biblioteca Escolar no 1.º Ciclo do Ensino Básico, a que se somam mais cinco em estabelecimentos de outros graus de ensino.
Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal salientou a importância deste tipo de equipamentos e destacou o trabalho desenvolvido pelo Município na promoção do livro e da leitura, nomeadamente através da Biblioteca Municipal e dos respectivos pólos, da Biblioteca Itinerante, bem como das Bibliotecas de Praia.
O Autarca referiu que é intenção da Autarquia dar continuidade a esta parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares/Ministério da Educação, no sentido de criar novos espaços, possibilitando o acesso dos alunos aos livros e ao conhecimento. Apesar da actual conjuntura económico-financeira, João Cepa garantiu que o investimento na área da Educação é para manter, pelo que, além da promessa de criação de novas Bibliotecas Escolares, anunciou também a oferta de um quadro interactivo para a nova Biblioteca Escolar, avançando ainda a possibilidade de dotar cada uma das salas da escola com esse equipamento.
Em representação da Direcção Regional de Educação do Norte (DREN), Carla Tavares, saudou as parcerias estabelecidas que possibilitaram a criação da Biblioteca Escolar na EB1/JI de Fonte Boa, “um espaço de comunicação, lúdico e de apoio ao enriquecimento curricular”, entendido como “necessário e indispensável, sobretudo em locais que distam do centro dos concelhos”. A responsável da DREN referiu que o desafio maior está reservado para o futuro, que é tirar proveito do novo equipamento, ou seja “é para ser usado em pleno”, vincou.
Teresa Felícia, do Agrupamento de Escolas de Apúlia, manifestou “grande satisfação” pela criação da Biblioteca Escolar, na medida em que é “um espaço que irá proporcionar oportunidades de convivência com os livros, acesso ao conhecimento e momentos de prazer e imaginação”, e aproveitou a oportunidade para solicitar o apoio de todos para o reforço do acervo.
Por seu lado, o Presidente da Junta de Freguesia, António Catarino, deixou uma palavra de agradecimento a todos quantos colaboraram na criação da Biblioteca Escolar e fez votos para que o equipamento contribua para a valorização da comunidade escolar.
A inauguração da Biblioteca Escolar foi uma festa para as crianças que, ao longo da cerimónia, foram participando com declamação de poesia, teatro e dança.
A Biblioteca Escolar da EB1/JI de Fonte Boa resulta de uma candidatura apresentada pelo Município à Rede de Bibliotecas Escolares, sendo que a Câmara Municipal efectuou as obras de requalificação do espaço, orçadas em aproximadamente 20 mil euros, e aquele organismo financiou a aquisição do mobiliário, equipamento e fundos documentais, no montante de 10.500 euros.
Assim, a Biblioteca Escolar está implantada numa área de cerca de 50 m2, dispondo de postos multimédia e acesso à Internet, projector, área de visionamento de DVD/VHS, área de leitura informal e espaço do conto, área de documentos impressos e de outros suportes, num total de 1000 documentos disponíveis.
Dispõe ainda de mobiliário adequado, não só ao nível de estantes, mesas e cadeiras, mas também sofás e almofadas para a leitura de contos, bem como um catálogo informatizado.
De referir que a EBI/JI de Fonte Boa tem mais de 100 alunos, sendo uma das maiores escolas do Agrupamento de Apúlia.

Gabinete de Relações Públicas da CME