autora: Joana Russo Belo

Depois de Mourinho ter sido despedido do Benfica no primeiro lugar do campeonato e do saudoso Bobby Robson ter saído do Sporting, também no topo do futebol português, as decisões estranhas do desporto nacional chegam aos meandros do distrital, pelas mãos da direcção da AD Esposende.

O clube despediu, ontem, o treinador António Carlos responsável pela brilhante carreira da equipa e da melhor época de sempre do clube no escalão máximo da Associação de Futebol de Braga, desde que desceu dos nacionais, em 2004/05.

Leia no Correio do Minho online.