(…) Mas João Cepa acentuou a sua “indignação” pela obrigação da autarquia pagar ao Estado IVA nas obras públicas. No lançamento da primeira pedra, do Centro Educativo de Fão, João Cepa frisou que a obra custa um milhão e 470 mil euros, sendo um milhão e 183 mil euros provenientes de fundos comunitários e os restantes 296 mil suportados pela Câmara de Esposende. (…)

Correio do Minho