Aqui vão as foto do nosso Magusto dos Blogueiros e Blogueiras- rima com ribeiras…

Foi um convívio espectacular com castanhas, vinhaça, jeropiga, vinho Nobre dos Padres-trouxe- o J. Alexandre- e aquela vinhaça voou…-, arroz doce, rabanadas da Augustinha, sumo (em vias de extinção, nestes sítios…-), bolo-rei, aletria, miniaturas da Marbela, e outras guloseimas mas a castanha foi a Rainha.
A viola ficou a cargo do José Meira Veleiro e do Luís “Sorridente”, o Fadista, de letra “inventada e um pouco mal cheirosa…”O Luís esteve em grande e a Luisa foi artista nas anedotas e no arroz doce…A Augustinha brilhou em grande com a sua simpatia e humanidade. O Nelson falava e falava e a Guidinha tirava fotos, muitas fotos.
O “escravo do João Barreira” fartou-se de trabalhar e nós fomos activos mas, a comer e, especialmente, a beber. Merecia uma medalha! O João Rites “Ribeirinhas” dava os seus palpites meteorológicos e o João Maria da Obra e o Carlinhos, diziam o contrário… Mas acertavam. Chovia, abrandava, chovia, abrandava e o triste do João Barreira sempre a mudar as trochas-assador…- para o telheiro; vai e vem e vem e vai…
Foi um espectáculo castanheiro inolvidável e agradeço à Junta de Freguesia-J. Feliz- ao nosso Grande J. Alexandre e a todos os blogueiros que me tornaram feliz, numa tardinha com frio, chuvinha, mas com muita fumaça.
A Vânia, marido e mãe exibiram-se como excelente ribeirenses e estiveram maravilhosos a comer mas, beberem pouco!
O Magusto durou pela noite dentro e ficamos felizes.
A noite foi nossa “inimiga” mas gozamos em alta…
A Família Carriça esteve em força a trabalhar/organizar: Toninho, Paulinha, João/esposa….
Os ribeirenses são assim.
Um abraço
Carlinhos das castanhas vinícolas…