Num acto simbólico, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende assinalou, ontem, o fim das obras de requalificação do Largo Fonseca Lima e espaços adjacentes, numa intervenção que pretendeu recuperar a imagem e a identidade do denominado “Largo dos Peixinhos”, dando-lhe um toque de modernidade.
João Cepa manifestou-se “particularmente feliz”, na medida em que viu concretizado o objectivo de devolver aos esposendenses, como “presente de Natal”, uma recriação muito aproximada do antigo Largo, “uma espécie de centro cívico de Esposende e de ponto de encontro da população”. Mostrou-se, por isso, esperançado de que “o investimento sirva para trazer à praça as pessoas”.
A obra correspondeu a um investimento de aproximadamente 176 mil euros, financiado por fundos comunitários, e traduziu-se na criação, no centro da praça, de um lago com uma escultura estilizada da catraia Santa Maria dos Anjos, embarcação típica de Esposende, com canteiros em seu torno, árvores com bancos intercalados em segundo plano e calçada em microcubo de calcário.
Privilegiando o carácter pedonal, o nivelamento do pavimento foi feito à cota dos passeios, no troço da Rua Rodrigues de Faria confrontante com o Largo Fonseca Lima e na Praça do Município, sendo que, devido à fragilidade estrutural da Igreja da Misericórdia, o eixo da rua foi afastado, não permitindo o estacionamento no local.
A circulação automóvel passou a efectuar-se também no sentido Sul-Norte, no atravessamento do Largo Fonseca Lima e Largo Comandante Carlos Oliveira Martins, com estacionamento lateral condicionado.

Recorde-se que antes de avançar com a intervenção, a Câmara Municipal submeteu o projecto à consideração da Junta de Freguesia, Assembleia de Freguesia, moradores e comerciantes, o qual mereceu a aprovação de todos, como ficou bem patente na cerimónia de ontem, com as pessoas a elogiarem a obra executada pela Autarquia.

Anúncios