Manelzinho: 

Por razões apresentadas e que perfeitamente respeito e acato, deixaste os nossos queridos Bombeiros, uma família na qual deixaste muito do teu trabalho, suor, dedicação, sapiência, habilidade e capacidade técnica invulgar, e um amor à causa do voluntariado digna de registo.

Foste e continuas a ser um exemplo ímpar para os Bombeiros portugueses, em questões de trabalho, competência, dedicação e com a tua maneira de ser “sui generis” em que a tua “boca” sempre disparou “à tropa” lúcidos pensamentos e sentimentos, sempre frontais mas sinceros e respeitáveis, sempre com o HUMOR na flor da pele…

Foste meu companheiro na ribeira, na escola, nos Bombeiros e serás o sempre amigo do Carlinhos da Jandira que muito te admira.

O meu muito obrigado por tudo mas, fico com saudades do Manelzinho “pipa” e os Bombeiros de Esposende ficarão mais pobres com a tua ausência ou talvez não!!!!

Porquê?

Porque estás e estarás sempre presente nos nossos corações.

Bebo “Pipas” de saudades tuas.

Carlinhos