Por Carlos Barros
No Externato Infante Sagres lidei muitos anos com o Sr. Quintino, homem afável, educado, competente, trabalhador e de uma dedicação sem limites.
Na rua falava sempre com ele, cumprimentava-o com muita estima e respeito, recordando as nossas vivências do Ext. I. Sagres.
Dizia-me sempre: “Olá professor” está bem?
Deixa-nos muitas e muitas saudades.
À sua família, neste “Blog” envio os sentidos pêsames, em nome dos Ribeirenses, já que o fiz pessoalmente.
O Sr. Quintino era uma pessoa Boa e Humana.

À Família enlutada apresentamos os nossos sentidos pêsames.

Anúncios