Póvoa de Varzim, 01 de jun (Lusa) — O cabeça de lista do PS pelo Porto, Francisco Assis, afirmou hoje que o seu partido “tem a obrigação de acompanhar mais e melhor” a horticultura, área com “grande importância económica” para Portugal.
(…)
A declaração de Francisco Assis surgiu à margem de uma reunião com horticultores da zona da Póvoa de Varzim e Esposende onde estes se queixaram que o setor poderá desaparecer dentro de poucos anos, caso o futuro Governo não o “apoie e incentive”.
(…)
Como exemplo, os agricultores presentes denunciaram que um quilo de tomate é pago ao produtor a 15 cêntimos, sendo que depois é vendido ao consumidor final a um euro.
Isto é “inadmissível”, lamentaram.
(…)
Entre a freguesia de Aguçadoura, na Póvoa de Varzim, e Apúlia, em Esposende, há cerca de 2000 empresários agrícolas que movimentam cerca de 50 milhões de euros por ano, numa atividade onde trabalham mais de 10 mil pessoas.
(…)
Anúncios