O presidente da Câmara de Esposende afirmou ontem que a «Administração Local está a caminhar a passos largos para o colapso financeiro, e tal só não acontecerá se o Governo repensar muito rapidamente o sistema de financiamento das autarquias locais». João Cepa referiu que, com os cortes sucessivos nas transferências do Orçamento de Estado e com três das quatro principais receitas dos municípios associadas à actividade imobiliária – que está em total declínio –, não levará muito tempo até que se comecem a suspender serviços, a encerrar equipamentos e a não ter sequer dinheiro para pagar os salários. O autarca falava nas comemorações do Dia da Cidade e do Município, que ficaram marcadas pela entrega de condecorações e pela inauguração do Centro Interpretativo de São Lourenço e Centro de Educação Ambiental.
Anúncios