O meu pedido de desfiliação do PSD foi amplamente divulgada pelos órgãos de comunicação social e, apesar de ausente do concelho, sei que tem sido um dos principais temas de conversa em Esposende.
Sinceramente nunca pensei que o assunto fosse tão discutido e comentado e nem sequer queria que o fosse. Nunca tive cargos de destaque no partido e nem sequer sou um autarca “mediático”, pelo que jamais me ocorreu que a minha desvinculação do PSD merecesse a atenção que acabou por merecer.
Tenho o maior respeito e estima pelos simpatizantes e militantes do PSD, principalmente pelos de Esposende, e quero por isso pedir-lhes desculpa por ter criado uma noticia negativa para o partido. Em todo este processo a única coisa de que me arrependo é a de ter feito declarações públicas sobre o assunto. Reconheço que me deveria ter remetido ao silêncio. Este tema morre hoje aqui.