Será que o Partido Comunista Português não poderia canalizar alguns euros das centenas de milhares que gasta na Festa do Avante, para promover cursos de educação e formação dos seus jovens militantes e simpatizantes, de forma a que aprendam a respeitar o que é público e o que sai do bolso dos contribuintes?
(…)