5 – João Café
Por A. Pinto

Segundo o Blog Esposendenses na Ribeira, faleceu em Porto Alegre (RS) na última sexta-feira (16), João Ferreira Gonçalves Zão, o João Café, como era conhecido.

Quando abri hoje esta página não imaginas a nostalgia que ficou em mim. Desde pequeno habituei-me a acompanhar o nosso Glorioso Esposende Sport Club e lembro perfeitamente desta célebre equipa da qual fazia parte o João Café, assim como Samuel, Jaime, Saganito (pai), Sobral, Vilaça, Jorge e Adolfo, estes todos de Braga que vieram com Samuel, M. Losa, J. Cruz, Farol (G.Redes), e tantos outros. Era esta célebre equipa que tinha direito a banda de música quando ganhava os jogos.

Mas ver João Café jogar dava mesmo prazer. Tinha uma classe fora de série. Era defesa central de eleição, mas a sua colocação no terreno parecia que as bolas iam esbarrar com ele. Tratava a bola por tu e raramente entregava uma bola mal aos colegas de ataque. Parece que estou a ver nos seus belos saltos com poder de elevação extraordinário a cortar a bola de cabeça. Mas que classe de jogador. Se fosse hoje valia milhões!

Foi funcionário público na C.M.E., esteve sempre ligado a todos os desportos em Esposende, como remo, vela, etc.. Fez parte da Revista Esposende de Relance em 1950. Fazia papel de Rodrigues Sampaio. Enfim, estava em todas. Por altura do carnaval, ele, Alice, Armindo Duarte, António Duarte, meu irmão M. Pinto, Jacinto Costa, e muitos mais, faziam carnaval a sério em Esposende. Faziam muito furor. Grandes bailes no Teatro Club, hoje museu, e Faca Oca, como Peixinho do Mar.

 

A minha simples e singela homenagem a este Grande Desportista e Esposendense que fica para a nossa história.

À Família enlutada apresentamos os nossos sentidos pêsames.

Que descanse em paz.
Anúncios