Foto: Speedbrain
Traçada já próxima de Quarzazate, a 5ª etapa contou com 208kms de especial num total de 350kms.
Os pilotos atravessaram pequenas dunas e trilhos montanhosos em pistas estreitas e sinuosas, culminado no desfiladeiro de Dades.
O azar bateu de novo à porta de Paulo Gonçalves. O piloto, que liderava a etapa, teve um problema, que até agora, não foi ainda resolvido.
Obviamente descontente, o piloto da Equipa Bianchi Prata / BP Ultimate teceu as seguintes declarações: “ Estou muito triste com o sucedido. Estava tudo encaminhado para ganhar a etapa de hoje e liderar o rally mas a moto sofreu um problema, estamos ainda a tentar encontrar a causa deste para o solucionar. São coisas normais que acontecem nestas provas. “
A última etapa do Rally será amanhã, com 57 kms cronometrados a serem percorridos por três vezes, o que perfaz 171kms. O piloto Paulo Gonçalves não sabe ainda se vai participar na 6ª e última etapa do Rally Oilibya Marrocos 2011.
Texto: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata – Beatriz Martins

Foto: Speedbrain

Anúncios