A Polícia Judiciária de Braga deteve quatro homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 18 e os 45 anos, sobre os quais recaem «fortes indícios» da prática de um crime de homicídio, informou hoje aquela força.

Em comunicado, a PJ acrescenta que os factos ocorreram em meados de setembro, em Barcelos, local onde a vítima, um empresário de Esposende com cerca de 70 anos, foi atingida com um tiro de caçadeira que lhe causou a morte.
«Posteriormente, e para dificultar o trabalho policial, o corpo foi atirado a uma lagoa, amarrado a um poste de cimento», acrescenta o comunicado.

Diário Digital / Lusa 

Anúncios