Paulo Gonçalves

Equipa Bianchi Prata azarada na 5ª etapa do Dakar´12
A quinta etapa do Dakar 2012 teve uma especial de 265kms, tendo ligado Chilecito a Fiambalá.
Os pilotos tiverem de percorrer duros trilhos montanhosos mas a colossal dificuldade concentrou-se nas perigosas dunas de Fiambalá.
A Equipa Bianchi Prata deparou-se e ultrapassou as várias adversidades encontradas na etapa de hoje. Assim, o piloto Paulo Gonçalves da Husqvarna Rallye Team by Speedbrain obteve o 10º mas manteve o 5º da geral.
O piloto Pedro Bianchi Prata alcançou o 75º posto na 5ª etapa. O piloto ocupa agora a 62ª posição da classificação geral.
Foi etapa muito complicada para mim, pensei que o meu Dakar tinha chegado ao fim. Logo de manhã na ligação a moto teve uma fuga de óleo e parti 40 minutos atrasado. Comecei logo a recuperar e a passar muitos pilotos, mas o muito calor e a areia muito mole fizeram o motor aquecer muito e rebentar um tubo do radiador. Tive de reparar a avaria e reparti de novo passado 30 minutos. Estou muito bem fisicamente e sinto cheio de vontade, mas estes contratempos tem me atrasado muito na classificação geral. Vou continuar a lutar, pois ainda temos muita prova pela frente. “ – afirma Pedro Bianchi Prata, acerca da etapa de hoje.

A sexta etapa abandona a Argentina, entrando no Chile. A especial será de 247 kms, espera-se uma etapa muito difícil pois os pilotos terão de defrontar-se com a aridez e altas temperaturas do Deserto do Atacama.
Texto: Gabinete de Imprensa Bianchi Prata – Beatriz Martins
Fotos: Theo Ribeiro