Autarcas de Esposende reafirmam oposição à Reforma da Administração Local
Os autarcas de Esposende estão frontalmente contra a Reforma da Administração Local. Esta posição foi ontem manifestada numa reunião realizada nos Paços do Município, entre o executivo da Câmara Municipal e os Presidentes de Junta do Concelho.
O encontro foi convocado pelo Presidente da Câmara Municipal, João Cepa, no sentido de auscultar a opinião dos autarcas locais sobre a reforma administrativa encetada pelo actual Governo e sobre a posição a adoptar ao longo do processo.

Responderam à chamada os eleitos das quinze freguesias do concelho que, por unanimidade, se manifestaram liminarmente contra a fusão/agregação de freguesias, defendendo a manutenção dos limites geográficos actuais. Decidiram não se envolver no processo em curso, manifestando a intenção de manter total oposição à medida que, a ser aplicada tal como está prevista, implica a redução de quinze para nove as freguesias do concelho.
Esta posição vem de encontro à postura já manifestada, por diversas vezes, pelo Presidente da Câmara Municipal de Esposende de rejeitar qualquer alteração ao mapa das freguesias do concelho.
Nesta reunião, os eleitos locais manifestaram também intenção de participar, bem como mobilizar a população para estar presente, na manifestação convocada pela Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), que decorrerá no dia 31 de Março, em Lisboa.
Recorde-se que, em sessão extraordinária, realizada a 20 de Dezembro de 2011, a Assembleia Municipal de Esposende aprovou uma proposta a rejeitar e repudiar qualquer intenção de extinguir freguesias, seja pela forma de eliminação seja através da fusão ou agregação na proposta da Reforma da Administração Local.

O Serviço de Comunicação e Imagem da CME
Anúncios