Câmara Municipal de Esposende mantém atribuição de Bolsas de Estudo a universitários
No âmbito da sua política educativa, a Câmara Municipal de Esposende pretende atribuir 30 Bolsas de Estudo a Estudantes do Ensino Superior, oriundos de famílias com carências sócio-económicas.
Em causa está um investimento de 18 000 euros, correspondente a 600 euros por bolsa, apoio que a Autarquia tem vindo a manter, apesar da conjuntura desfavorável, possibilitando que os estudantes carenciados possam prosseguir os seus estudos, a nível superior.
As candidaturas decorrerão 15 de Março e 15 de Abril, devendo ser efectuadas junto do Serviço de Atendimento da Câmara Municipal.
Entre outras condições, os candidatos não poderão ter reprovado no ano anterior, nem possuir qualquer licenciatura, mestrado integrado ou curso equivalente.
Os contemplados com as Bolsas de Estudo irão desenvolver trabalhos de índole social, ambiental, administrativa, cultural e/ou desportiva na Autarquia, durante um período de 22 dias úteis/154 horas, no período de férias lectivas.
O Presidente da Câmara Municipal salienta que, “através desta medida, o Município de Esposende tem vindo, ano após ano, a contribuir para a formação académica de muitos jovens do concelho”. Acrescenta João Cepa que “o desenvolvimento de um concelho está intimamente ligado com o desenvolvimento cultural e com a formação do seu agregado populacional, contudo, há famílias com dificuldades económicas que, se não fosse esta ajuda, não teriam condições de assegurar a normal frequência e continuidade da formação escolar aos elementos dependentes, sobretudo quando esses estudos se colocam ao nível do ensino superior”.
O Serviço de Comunicação e Imagem da CME
Anúncios