Requalificação Urbana da Zona Central de Esposende


No âmbito da Requalificação Urbana da Zona Central de Esposende, estão a ser substituídas as árvores da Av. Eng. Losa Faria.

Aproveitando a intervenção que está a ser executada ao abrigo do Programa de Acção URBI Esposende e atendendo às inúmeras queixas dos moradores devido à proximidade das árvores das fachadas dos edifícios e ao facto das árvores estarem a provocar deformações nas caldeiras e pavimentos adjacentes, a Câmara Municipal optou por substituir as árvores existentes (Acer negundo).

Devido ao porte que as árvores atingiram, à forma como as caldeiras foram construídas e à proximidade de inúmeras condutas de infra-estruturas, nomeadamente do gás, não era possível efectuar o transplante das árvores, pelo que se optou pelo seu abate e substituição. Ponderado o custo do abate das 20 árvores existentes, considerou-se que será maior o benefício resultante da plantação de 27 novas árvores, com melhores condições de crescimento e de porte mais adequado.

Assim, atendendo ao perfil da via, a nascente serão plantadas espécies de menor porte (Lagerstroemia indica) e a poente árvores de maior dimensão (Celtis australis), onde o afastamento às edificações é superior. Serão construídas caldeiras de maior dimensão com o objectivo de proporcionar à nova arborização um volume de terra mais generoso.

Recorde-se que a Requalificação Urbana da Zona Central de Esposende corresponde a um investimento de cerca de 1milhão de euros e é financiada a 80% pelo Programa Operacional Regional do Norte, através do Eixo Prioritário IV – Qualificação do Sistema Urbano. A obra tem um prazo de execução de um ano e incide nas ruas Dr. Alexandre Torres, António Cruz, Dr. Joel Magalhães, Malaposta, da Ribeira, Conde de Agrolongo, António Pascoal e Monsenhor Adelino Pedrosa e nas avenidas Eng.º Losa Faria, Dr. Henrique Barros Lima e Rocha Gonçalves. 


A intervenção na Av. Eng. Losa Faria consiste fundamentalmente numa alteração ao perfil transversal, com ampliação do passeio poente e aumento da área para estacionamento. Os trabalhos traduzem-se na requalificação total dos pavimentos, com aproveitamento dos materiais, e a reformulação das passadeiras e redes de iluminação pública, de drenagem de águas pluviais e de saneamento.

Atendendo aos transtornos e condicionalismos destas obras, a Câmara Municipal reitera o apelo à compreensão e colaboração dos moradores, comerciantes e demais população durante o período em que decorrerem os trabalhos. 

Serviço de Comunicação e Imagem da CME
Anúncios