2º JANTAR CONVÍVIO
do 36º Aniversário da Equipa de Juniores do ESC – Época de 1976/1977
Por A. Pinto
Fotos: Alberto Martins
Romagem ao cemitério

Momentos de silêncio e reflexão.

Coroa de flores em homenagem ao Russinho.

O treinador A. Pinto homenageia jogadores e director.

Homenagem emociona jogadores, treinador e directores.

Jantar convívio

 Glorioso E.S.C.

 Miguel Gomes.

  Zé Joaquim, Raul e A. Pinto, o Mister.

O treinador A. Pinto, o capitão Manuel Eiras e o Zé Miquelino.

A. Pinto, Geno Barreira, Luís Menina, Raul, Lano, Né Miquelino, Manuel Brasileiro e João Maria.

Raul Malagueta discursando.

Três bons amigos, Né, Raul e Lano.

João Maria “Terreno” e Manuel Brasileiro, massagista e craque de bola.

Mais três amigos.

Presidente da A.D.E. 

Manuel Brasileiro, Né, Lano e Luís Menina.

Luís Menina, A. Pinto e Chinela.

Zéqinha e J. Joaquim, sempre em forma.

Ontem, 5/5/12, mais um a confraternização do antigos atletas do E.S.C.(Juniores). Foi realmente um convívio fantástico. Começamos por ir homenagear, no cemitério de Esposende, o Carlos (Russinho) e Hilário Viana, jogador e director que deram o seu contributo a esta equipa.

Depois num Hotel desta cidade houve o jantar convívio, onde se mataram saudades, grandes “estórias” foram contadas, grandes momentos relembrados. Alguns dos intervenientes discursaram e onde sempre se referenciou o Glorioso E.S.C..  Teve de tudo um pouco, não faltando os tradicionais fados, a cargo do Augusto Vilela e para terminar em beleza, o fogueteiro de serviço, Zé Miquelino mostrou a sua arte de lançar fogo.
O E.S.C. está vivo, e bem vivo,  enquanto houver Esposendenses, como estes, não morrerá mais!
Noite memorável, para sempre lembrar.
    A. Pinto