Fábrica de laticínios das Marinhas
A Manteiga das Marinhas, fabricada numa pequena unidade empresarial nas Marinhas-Esposende, foi  fundada em 1939, início da 2ª Guerra Mundial, e pertence ao restrito grupo das 13 manteigas  mais distinguidas pela famosa revista Wallpapper,precisamente em Junho de 2008, uma data a relembrar e um orgulho para os esposendenses mais, concretamente para os proprietários -D. Berta Castlho- e funcionários desta empresa de laticínios.
 A manteiga está revestida a papel vegetal, de excelente qualidade de conservação e absorção, e a nata concede um sabor muito especial e apreciado por todos nós.
Esta manteiga “viaja” pelo território nacional, nas grandes superfícies, e em Esposende é vendida em vários estabelecimentos comerciais mas, também “voa” e é consumida rapidamente, em   famosas unidades hoteleiras como no  “The Yaetman”, em Gaia, e no Vintage House, no Pinhão.
Esta manteiga é produzida de forma artesanal, com recurso às tradicionais batedeiras  industriais.
Quando era criança, o antigo funcionário sr. Mário Marques Henriques, trazia, na sua motorizada,  para a nossa humilde casa, sita na Rua Nª Srª da Saúde, a manteiga das Marinhas que era rapidamente, devorada pelas minhas irmãs e eu, como novidade, nunca gostei de manteiga e ainda hoje preservo esta “abstinência”.
Nós portugueses e, neste caso, esposendenses, devemos optar por produtos nacionais e este exemplo é clarificador.
Manteiga das Marinhas uma referência mundial, que nos devemos orgulhar pois, tem espalhado o nome de Esposende por diversos pontos ( e  estômagos…) do Mundo.
Carlos M. Lima Barros
Anúncios