Município e Esposende Solidário recuperam casa de família carenciada de Rio Tinto
O Presidente da Câmara Municipal de Esposende procedeu à entrega da chave de casa a uma família carenciada de Rio Tinto, cuja habitação foi alvo de intervenção ao abrigo do protocolo estabelecido entre o Município e a Associação Esposende Solidário com o objectivo de proporcionar melhores condições habitacionais junto de famílias do concelho com dificuldades sócio-económicas.
O acto simbólico, que decorreu ontem, dia 21 de Maio, foi o culminar de um processo, que permitiu proporcionar condições dignas de habitabilidade a uma família de fracas condições económicas, constituída por mãe, três filhos menores e avós.
A intervenção orçou em cerca de 45 mil euros, inteiramente suportados pela Câmara Municipal, tendo as obras sido executadas pela Associação Esposende Solidário.
“Um momento particularmente feliz e de grande significado” foi como o Presidente da Câmara Municipal classificou o acto, assinalando que a intervenção representou “um esforço grande do ponto de vista financeiro, fruto do contributo dos munícipes que depositam confiança no vosso futuro”.
João Cepa regozijou-se com a melhoria das condições de vida desta família, a quem desejou felicidades para o futuro. À Esposende Solidário agradeceu a colaboração que tem prestado nos projectos de apoio às famílias carenciadas do concelho e deixou uma palavra de louvor à Junta de Freguesia pelo trabalho que tem vindo a desenvolver.
O Presidente da Associação Esposende Solidário, António Boaventura, referiu que “não podemos pensar num mundo melhor se não tivermos condições básicas, como a alimentação e a habitação”. Manifestou, por isso, satisfação por ver concretizada mais uma intervenção que garantirá melhores condições de vida a uma família com filhos menores.
Também o Presidente da Junta de Freguesia, Joaquim Rosmaninho, se mostrou satisfeito pela concretização desta obra de extrema necessidade e importância, agradecendo à Câmara Municipal e à Associação Esposende Solidário o empenho que depositaram na resolução das más condições de habitabilidade desta família.
A família manifestou o seu contentamento pela melhoria das condições de vida da sua família, agradecendo à Câmara e à Esposende Solidário a “nova” casa.
A bênção da recuperada habitação esteve a cargo do Padre Miguel Pereira, Pároco de Rio Tinto, que felicitou as entidades promotoras da requalificação, deixando ainda uma palavra de incentivo à família para uma efectiva mudança de vida.
Durante 2010, foram executadas treze intervenções em habitações, num investimento global de 50 mil euros, e, o ano passado, foram realizadas cinco intervenções, que orçaram em cerca de 57 mil euros.
Serviço de Comunicação e Imagem da CME